Mês: outubro 2014

Dívida Pública: Alguém tem que abrir a porta da prisão

Postado em

Raquel Varela

A dívida pública é um negócio privado. A dívida não tem sido um drama para todos os portugueses – tem sido para alguns um jackpot, que fez com que 870 portugueses tenham uma fortuna equivalente a 45% do PIB e, do outro lado, 46% da população seja oficialmente pobre e a “classe” média tenha sido pauperizada, limitada agora ao mero consumo de sobrevivência. O que se passa em Portugal é uma das maiores tragédias da história do país. Nunca tanta gente, em qualquer momento da nossa história, dependeu do trabalho para viver e nunca tanta gente esteve desempregada como está hoje.
A abertura das contas públicas do Estado é uma exigência mínima democrática, ou seja, toda a população deve saber em quê, quando e como foi gasto o dinheiro que vem dos seus impostos e contribuições sociais – a exigência de uma auditoria à divida é por isso uma medida…

Ver o post original 814 mais palavras

Anúncios