700 náufragos na “maior tragédia de sempre no Mediterrâneo”

Postado em

Saúde Global

Várias centenas de pessoas terão morrido no Mediterrâneo, quando um barco que transportava cerca de 700 migrantes se virou entre as costas da Líbia e a ilha italiana de Lampedusa. Durante as operações de salvamento foram resgatados apenas 28 sobreviventes.

O naufrágio terá acontecido quando um navio porta-contentores com bandeira de Portugal se aproximou para resgatar os migrantes por indicação das autoridades italianas, que tinham recebido um pedido de ajuda devido a “problemas de navegação”, pouco depois da meia-noite de domingo.

Na tentativa de se posicionarem para serem salvos pela tripulação do porta-contentores “King Jacob”, os migrantes que tentavam chegar à Europa dirigiram-se para um dos lados da embarcação, acabando por cair ao mar, avançou Carlotta Sami, porta-voz da Agência da ONU para os Refugiados no Sul da Europa. A mesma responsável…

Ver o post original 568 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s