A Opera Macbeth de Guiseppe Verdi no São Carlos

Postado em

macbethA propósito da participação do meu sobrinho Hugo na opera Macbeth de Gioseppe Verdi, assisti ontem a este evento no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa. Embora vá com alguma frequência ao São Carlos, é justo que se diga, há mais de vinte e tal anos que não ia assistir a uma opera no TNSC. Um local que continua igual a si mesmo, cheio de dourados, com gente aperaltada, que se amontoa nos camarotes, com bilhetes caros. A peça é cantada por um elenco de luxo, acompanhada pela formosa orquestra sinfónica portuguesa.

O original Macbeth é como sabemos uma peça de William Shakespeare, o conhecido dramaturgo inglês que a escreveu nos primeiros anos do século XVII. O texto de Verdi, escrito em 1843, é uma recriação deste texto clássico. Uma recriação recontextualizada à Itália novecentista.

O tema do bem e do mal, ou da ambição e da culpa é como sabemos a questão tratada nesta peça. E esse é uma leitura, que feita para o século XVII inglês, tem um significado. A sua leitura de Verdi, nesta obre tem também um outro significado, que lhe é dado pelo contexto. Ainda outra leitura é feita por nós nesta nossa contemporaneidade, olhando a partir do nosso tempo, sobre esses outros tempos.

Independentemente do contexto há algo que permanece. Que é imutável na ação humana: A culpa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s